Peter, no jornal "El Eco de Tandil"

O galancito que jogou na série de TV, Thiago falou com El Eco de Tandil logo após a apresentação do grupo de convocação dos adolescentes em nossa cidade. Será no sábado 27 de novembro no clube Independiente. (Por Luis “Pepo” Ibarra, luispepoibarra@yahoo.com.ar)
Praticamente tudo na vida desses jovens como organizadores é planejado dentro da estrutura que forma e que os leva a ser bem sucedido. O assessor de imprensa do Cris Morena Group pacta a nota em um determinado momento, no tempo e muito simpático, Pedro Lanzani e Thiago, como seu personagem de televisão na faixa é ainda a raiva na Telefé, servindo El Eco de Tandil para discutir um todo pouco.O show na cidade será em 27 de novembro a 20 no estádio de futebol Agostinho F. Berroeta clube, e os bilhetes estão sendo vendidos a um ritmo grande Apymet (Yrigoyen 850).

– Como aproveitar esta despedida?
Peter: –“É um pouco triste, é sair, mas o show tem de tudo um pouco, a verdade que é espetacular, não perca, em Tandil, porque tem um pouco de tudo e nós, os jovens que entendê-lo, gostei muito fazê-lo. Esperemos que se diviertan porque el show es una fiesta. Esperamos que se divirtam, porque o show é uma festa.

– Você veio mais cedo para Tandil?
“Eu tinha ido uma vez, como um menino, um passeio de rugby e eu gostei da cidade.

– Eles terminar a gravação da série de televisão?
Não perca a final, porque eles vão entender muitas coisas que no momento estão soltos.

– Você pode transmitir outra coisa?
“Não muito, porque as ultrapassagens alguma coisa e é como apressá-lo. Muitas coisas vêm anexados aos outros. Amarrado todas as pontas soltas que chegamos tão longe.  Preste atenção no final

– No próximo ano vamos fazer alguma coisa com o mesmo produtor Cris Morena Group e agora você está indo para alguma outra forma?
“Eu ainda não sei o que vou fazer com minha vida.  Eu queria ir com Cris, mas vamos ver.

– Devemos dar um fim ao “Anjos”?
“Ele tinha quatro anos e completou um ciclo. Acho que as pessoas não gostam disso ao final, mas era necessário. Eu acho que tinha que acabar. Nós todos, percorreu o mundo, jogos, álbuns de música, ganhar prêmios. Quatro anos foram fantásticos, todos nós aprendemos e crescemos muito e nós vivemos e tomamos o máximo. Estávamos todos muito simpáticos, por isso não há problemas nesse lado, porque vai se reunir e vai continuar vendo todos os caras.  É uma pena, mas temos que resgatar o lado positivo.


  – É lançado o livro “Anjos”?
“Sim. Eles serão dois ou três volumes, eu acho. Agora é a primeira temporada, que conta em detalhes tudo grande que viveu nele.

  – Você bateu tão bem sucedido tão jovem (20 anos)?
“Não, porque é baseada na família, amigos.Devemos tentar não entrar em outro, mas ficar com entes queridos que será sempre com você e querem o melhor para você, sem juros. Meus amigos e minha família sabe que me importo.

Você cresceu muito como ator personificando Thiago em “Quase Anjos”?
“Foi difícil. Eu tive uma evolução espetacular em termos de maturidade. Na verdade sim, eu joguei cenas de violência, amor, um pouco de tudo. Nunca vou esquecer esse carácter.

 
 
 
Texto traduzido pelo http://www.quaseanjoseisa.tk 

Deixe um comentário

Arquivado em Quase anjos

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s